O tempo passa, você sabia?!

John Mackenzie

O Tempo Passa

Há 15 anos vou pescar salmão todo verão com meu vizinho Ted, que é também um ex-colega de faculdade. Devido às nossas vidas profissionais, raramente nos vemos durante o resto do ano, então esta é a oportunidade que temos de nos atualizarmos um sobre a vida do outro.

Ted é um alto funcionário na Boeing aqui em Seattle. Seu sonho porém sempre foi ter seu próprio negócio. Apesar da ótima posição e de um salário excelente, ele odeia o que faz. Há 15 anos ouço Ted reclamar do trabalho e dizer que “ano que vem” ele vai pedir demissão e montar o próprio negócio. Ele não dá muitas explicações do porquê ainda não fez isto, ele simplesmente me fala de seus planos como se tivessem acabado de sair de sua cabeça, de uma forma que me faz lembrar minha falecida avó que devido ao Alzheimers me contava 10 vezes a mesma estória, sem se dar conta de que já tinha me contato antes!

Ted simplesmente não se dá conta de que “ano que vem” já passou várias vezes e ele ainda não fez o que queria. A atitude de Ted é muito similar a alguns de meus clientes e participantes de meus cursos e palestras.

O tempo passa e passa rápido, todo mundo sabe disso! O problema é que imersos em nossa rotina estagnante, é preciso um esforço constante de atenção e planejamento para que nós não nos comportemos como um paciente de Alzheimers, não se lembrando que o prazo que tínhamos em mente para nossas metas já se esgotou há muito tempo, mas nós ainda não nos demos conta disso!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


7 comentários em “O tempo passa, você sabia?!”

  1. Este artigo despertou em mim uma certa curiosidade. Ha cerca de 20 anos que trabalho pela Chevron – uma companhia de renome. Minha vontade eh criar um negocio particular no dominio da agricultura, pescas e prestacao de servicos. Preciso de ajuda e incentivo para elaborar e executar um plano empresarial em Cabinda, Angola.

    Responder
  2. Olá a todos… gostaria de compartilhar com vocês, estou nessa situação, dias estou bem, dias me sinto frustrada. Acabei seguindo os passos do meu pai, e fazendo administração para trabalhar em sua empresa, mas o meu grande sonho foi trabalhar com turismo, e todo dia me levanto e me sinto frustrada por isso, por não ter seguindo o meu grande sonho, mas eu tbm, estou com a pessoa do conto acima, pois não faço nada para mudar, corro atrás mas na hora H, algo maior, acredito o medo, faz eu voltar atrás. E me sinto triste pois o tempo está passando e cada vez mais me frustro por isso. Tento dar o meu melhor no trabalho, e esquecer esse meu grande sonho, mas ele me persegue dia pós dia e cada vez mais. Não sei o que faço, e sinceramente não sei porque não jogo tudo para o alto e vou atrás do que sempre quis e sonhei para mim. Aos jovens que ainda não iniciaram sua faculdade o meu conselho: pense bem, siga somente o seu coração, não escute pai e mãe, pesquise, conheça sobre as profissões para não se frustrar como eu me frustrei. Ufaa desabafei. Obrigada!!!

    Responder
  3. Ótima matéria com certeza vai ser muito edificante em minha vida tanto pessoal como profissional, pois a anos que repito tbm sempre a mesma coisa sendo que já a anos tenho em mente mas nunca tive ATITUDE!!!!
    OBRIGADO E PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  4. Bacana esse texto.
    Trabalhamos no segmento de telefonia móvel e percebo que algum colaborador pensa assim também. Tento mostrar para as pessoas que precisamos acreditar na nossa escolha, nem sempre a grama do vizinho é tão verde como imaginamos ser. Fazer carreira e ter know how se controi é com o tempo.
    abs

    Responder

Deixe um comentário