Compartilhe!

Uma das faces mais obscuras da baixa autoestima é o perfeccionismo. Considerada muitas vezes como uma “qualidade” ao invés de um defeito, o perfeccionismo é o buraco negro que suga toda satisfação, excelência e valor do indivíduo.

O perfeccionista jamais encontra satisfação, jamais dá valor ao que faz e jamais atinge a excelência. Mas esta última não seria o que o perfeccionista tanto busca?! Não veja a vida em preto e branco, meu caro leitor! Olhe para baixo da superfície! O perfeccionista não busca a perfeição no que faz, seu problema é de ordem muito mais profunda.

Algumas pessoas podem ter o talento, a energia e a determinação para furarem o céu, mas seu inconsciente os guia em outra direção. O executivo workaholic que trabalha noite e dia, aparentemente por ambição profissional ou dinheiro, alimenta a dor profunda de nunca sentir-se bom o suficiente para seu pai que sempre lhe considerou um perdedor. Ou a dona de casa que não admite nada fora do lugar, mantém a casa limpa e arrumada nos mínimos detalhes e nunca sente-se satisfeita com o próprio lar – em sua mente ela ainda ouve a mãe lhe chamando de relaxada e desorganizada.

Na busca pela perfeição, nada nunca é o suficiente pois o que se busca está além do evidente. O perfeccionista precisa de auto-afirmação, precisa provar para si mesmo e para terceiros que ele não é o que acredita ser (ou o que ele pensa que os outros acreditam que ele é).

Se meu objetivo é provar que eu sou bom o suficiente, a tarefa ou projeto pode se extender ao infinito sem nunca atingir o grau de perfeição que “eu quero”, pois a batalha já foi perdida no momento em que eu pensei que poderia me auto-afirmar.

Nosso objetivo maior na vida deveria ser autoexpressão, não auto-justificação! Nosso motivo não é provar nada a ninguém ou a nós mesmos, mas sim dar o melhor de nós pela vida em si. Quem compreende isto vive em paz consigo mesmo, sem culpas, sem frustrações, sem medos. O perfeccionista, por outro lado, boicota sua própria felicidade ao nunca sentir-se satisfeito com o que faz.


Compartilhe!