Soma da perspicácia, do pragmatismo e da determinação, a visão de conjunto é a capacidade de enxergar o todo contextualmente para tomar decisões em cada momento da jornada. A falta de visão de conjunto leva a pessoa a sofrer de miopia crítica, ou seja, a pessoa não consegue analisar, julgar a situação de um ponto de vista mais amplo, contextual e acaba tomando decisões isoladas que a colocam num ziguezague sem fim que termina por esgotar suas energias e dispersar as oportunidades que direcionam aos objetivos almejados.

Numa analogia bem simples, ter visão de conjunto é ser capaz de entender todas as partes do quebra cabeças que envolve cada situação ou a busca de objetivos e ser capaz de juntar essas peças, compreendendo como elas interagem entre si e como “montar” esse quebra cabeças de forma harmônica.

Numa empresa, por exemplo, cada departamento é um pedaço do quebra cabeças corporativo (marketing, vendas, finanças, recursos humanos, etc.). O gestor ou mesmo gerente que não compreende com profundidade cada um desses departamentos e como eles interagem entre si a fim de levar a empresa a atingir seus objetivos, tem dificuldades para liderar seus subordinados rumo à conquista dos objetivos magnos da empresa.

Na vida pessoal ocorre o mesmo. A pessoa que tem dificuldade de enxergar todas as peças do quebra cabeça em sua vida, tanto de uma forma geral, olhando para seus papéis na vida, quanto na conquista de objetivos específicos, como escrever um livro, por exemplo, também tem dificuldades para conduzir-se de forma harmônica, geralmente cometendo erros ou criando conflitos ao longo do caminho.

Faz parte da definição de “liderança” o conceito de que o líder deve ter a capacidade de enxergar o campo de batalha, ou seja, ter visão de conjunto. No âmbito pessoal, como líder de si mesmo, cabe a cada um de nós ter a capacidade de enxergar os campos de batalha em que entramos em busca da concretização dos nossos objetivos.

Analogias com guerras à parte, nem sempre a conquista de nossos objetivos envolve “batalhas” com outras pessoas, mas sempre haverá algum tipo de obstáculo, mesmo que interno. A capacidade de ver a situação e o caminho de uma perspectiva mais ampla ajuda a manter a eficácia, ou seja, a escolher as ações certeiras que levam ao objetivo ao invés de perder tempo fazendo coisas que não precisam ser feitas ou pior ainda, coisas que atravancam e atrasam a conquista do objetivo.

Alcançar um nível de excelência nos desempenhos exige foco e priorização. A visão de conjunto ajuda a lapidar esses dois pontos assegurando que você está se dedicando somente às atividades mais certeiras e produtivas.

A visão de conjunto também contribui e anda junto com o senso de propósito, sendo que uma coisa reforça a outra. A pessoa que tem um propósito já tem uma bússola apontando para o seu próprio norte. A visão de conjunto mapeia o caminho para chegar lá.