Compartilhe!

“Ele não sabia que era impossível – foi lá e fez!” – Há muito tempo li esta frase em algum lugar e ela jamais me saiu da cabeça.

Como psicólogo e conferencista me deparo constantemente com pessoas que vêm até mim e perguntam se podem fazer isto ou aquilo. No começo da minha carreira eu as olhava com ar de espanto, pensando: “como é que eu posso dizer sim ou não?! Não é a minha vida!” No entanto, elas esperavam de mim uma “autorização”, uma validação. Se eu respondesse que sim, então elas acreditariam que era capazes.

Em outros casos, vejo pessoas que acreditam inconscientemente que padrões do passado se repetem continuamente e jamais mudam. “eu sempre fui assim”; “as coisas comigo sempre acontecem desse jeito”; “eu nunca tive sorte no amor”… Suas crenças são confirmadas toda vez que o tal padrão se repete novamente.

No ramo, nós temos um termo para isto: profecias auto-realizáveis. Mas o que isto significa? Você é e pode aquilo que você acredita que é e pode ter ou ser. Se você acha que algo é impossível, você nem sequer tenta, certo? Mas se ninguém te disse que é impossível, você, mesmo que inocentemente, vai em frente. Muitas vezes nem sequer precisamos que alguém nos diga que é impossível, nós assumimos que é e pronto, todas as possibilidades perdem sua chance.

Lembro-me de um amigo de faculdade com uma personalidade muito dinâmica e proativa que publicou seu primeiro livro aos 19 anos e sem contatos ou experiência nenhuma. Ele decidiu cortar “a parte da editora” e publicar o livro por conta (e sem dinheiro). Eu via nossos colegas questionando-o enquanto ele escrevia o livro: “mas você pode publicar um livro assim, sozinho?”; “como você vai publicar um livro sem editora?”; e até mesmo aqueles que não acreditavam como ele, aos 19 anos, podia publicar um livro, com ou sem editora. Nossos colegas achavam que para publicar um livro você precisa da “autorização” de alguém, e essa autorização só é dada aqueles com muita “experiência”. Muitos não acreditavam que um dia veriam o livro de fato publicado e adorei ver o ar de espanto em seus rostos quando meu amigo, sem editora e sem dinheiro, saiu distribuindo cópias para os nossos professores.

As crenças limitantes que temos de fato nos impedem de atuarmos no limite do nosso potencial, que no fundo, nem sequer conhecemos em sua amplitude. Os “podes” e não podes” , os “é assim” e não é assim” em que acreditamos boicotam nossas vidas, nos mantendo prisioneiros de nossas próprias profecias. Acabamos nos tornando aquilo que acreditamos que podemos ser.



Palavras-chave: lei da atração, o que você pensa acontece, profecia auto realizável, profecia autorealizável, profecias auto realizáveis, profecias autorealizáveis

Compartilhe!