Pare de procurar a motivação! Por que você não precisa dela?

É comum questionarmos como nos motivar, como encontrar a motivação diária necessária para realizar todas as tarefas e alcançar nossas metas. Porém, será que essa busca incessante pela motivação é mesmo o caminho certo? Neste vídeo, vamos desconstruir essa ideia de que precisamos incessantemente dessa energia motivadora e por que essa mentalidade pode estar equivocada.

A questão de como se motivar está entre as perguntas mais frequentes que recebo. Ela se origina da expectativa de que precisamos estar motivados para realizar as tarefas. Quando falta aquela energia ou impulso, a busca por esse segredo se intensifica. Mas a motivação é complexa; ela está enraizada em processos subconscientes e na interação da psicologia com o ambiente.

A busca pela motivação muitas vezes se resume à produtividade. Acreditamos que sem motivação, não conseguiremos manter um desempenho eficaz. No entanto, a motivação por si só não garante produtividade. Há diversos fatores em jogo, e a dependência exclusiva da motivação pode ser ilusória.

Para alcançar resultados reais, é preciso algo mais sólido que a motivação. Esta é vulnerável a fatores internos e externos, sendo inconsistente em sua presença. A chave para uma produtividade estável é desassociar nosso potencial produtivo dos estados emocionais.

A mentalidade de buscar motivação sugere uma escravidão a esses estados emocionais. Comparar com atletas ou músicos profissionais revela a importância da disciplina sobre a motivação. Se eles dependessem exclusivamente dela, dificilmente alcançariam o nível profissional.

Por trás da aparente falta de motivação, encontramos processos de autossabotagem. O perfeccionismo excessivo, o medo do sucesso, são apenas algumas das barreiras que minam nossos esforços. Buscar motivação sem abordar essas questões apenas nos coloca em um ciclo de altos e baixos, sem resolver efetivamente os problemas de produtividade.

Além disso, questões administrativas da vida, como desorganização e ausência de metas claras, também afetam nossa motivação. A motivação surge quando há uma conexão emocional com a tarefa e uma visão de futuro. Sem isso, qualquer motivação é passageira.

A busca constante por motivação, seja em eventos ou programas empresariais, revela sua fragilidade. A verdadeira motivação, aquela que impulsiona consistentemente a produtividade, é interna e está ligada a metas claras e um propósito emocional com a tarefa.

Portanto, por trás da falta de motivação, há uma gama de fatores psicológicos e administrativos que influenciam nosso estado emocional e nossa capacidade produtiva. É fundamental desvincular a ideia de que a motivação constante é necessária. Isso nos leva a uma obsessão pela felicidade e nos impede de realizar tarefas menos agradáveis, algo que discutiremos em vídeos futuros.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


1 comentário em “Pare de procurar a motivação! Por que você não precisa dela?”

Deixe um comentário