Mas o que é autoestima?

William Johnson

O que é autoestima

A autoestima é formada tanto por fatores internos como externos. Por internos, leia-se fatores como ideias e conceitos próprios, crenças, práticas, hábitos e comportamentos. Fatores externos são os ambientais como linguagem corporal, experiências de vida, criação, cultura, sociedade, entre outros.

A autoestima então é o resultado da combinação destes fatores que é muito própria de cada indivíduo. Numa definição clara, autoestima é a autopercepção saudável. Mas o que isso significa?! Um indivíduo que percebe a si mesmo de forma saudável é uma pessoa que combina os fatores internos e externos de forma madura e usa este poder de forma proativa em sua vida.

O que autoestima não é? Erroneamente, muitas pessoas acreditam que um aparente excesso de autoconfiança é sinônimo de autoestima sadia. Na maioria das vezes, o que é percebido como uma “forte autoconfiança”, principalmente no mundo dos negócios, esconde abissais inseguranças e medos e uma auto-crítica não-sadia com relação a si mesmo.

Sim, autoconfiança e auto-estima andam juntas, mas muitas pessoas “aprenderam” como passar uma imagem autoconfiante mesmo sob alta turbulência interna. Certas pessoas tidas como extrovertidas, por exemplo, escondem uma baixa autoestima. Minha experiência como psicólogo me mostra que em muitos casos, o indivíduo aprende e desenvolve certas regras sociais que o permite conquistar e obter facilmente a atenção das pessoas em volta. Tudo funciona como um teatro entretanto, quando as cortinas se fecham e a pessoa tem que conviver a sós consigo mesma, sérios problemas psicológicos vêem à tona.

Uma pessoa com uma autoestima sadia é, antes de tudo, madura e não necessita da atenção gratuita alheia, nem de aprovação pública.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


2 comentários em “Mas o que é autoestima?”

  1. Concordo, sem o respeito pelo eu, dificilmente alguém aceita a visão de si próprio transmitida por outros. Assim, quem se conhece a si próprio relativiza as opiniões de terceiros sem no entanto deixar de as analisar e tomar em consideração, caso lhe reconheça valia.

    Responder
  2. interessante…pelo que li então pessoas com baixa-auto estima têm sérios problemas em ficar consigo mesma..ou seja sozinha por um determinado tempo?!!!

    Responder

Deixe um comentário