O impacto da motivação no sucesso

John Mackenzie

Motivação e sucesso

Excluindo os visivelmente sortudos que ganharam na loteria, receberam uma herança ou conquistaram algo na vida que é socialmente reconhecido como sucesso sem esforço, me diga: você conhece alguma pessoa bem sucedida que não seja automotivada?

A resposta provavelmente é negativa. Se o indivíduo conquistou o sucesso através de seus próprios esforços, ele deve boa parte de seus resultados à sua capacidade de gerar essa força motriz que se chama motivação.

Quem não é capaz de produzir seu próprio combustível, depende de combustível alheio, externo. Depende de estímulos, incentivos que, na verdade, não geram motivação verdadeira.

Se você pretende ser bem sucedido na vida, o primeiro passo é descobrir a chave de sua automotivação. Somente através da sua capacidade de acender a chama que sustenta seu movimento em direção ao que você quer é que você poderá se dirigir certeiramente à conquista de seus objetivos que o tornarão uma pessoa bem sucedida.

Quando falo em sucesso, não falo em algo específico, definido, como se sucesso fosse ter o emprego perfeito (ou ser um empresário), ter o carro do ano, etc. Sucesso é a conquista de seus objetivos, sejam eles quais forem. Sua definição de sucesso pode ser completamente diferente do que a sociedade compreende como sucesso, no entanto, a necessidade de automotivação é a mesma. Não importa se você deseja ser bem sucedido como o Donald Trump ou como a Madre Tereza, sem automotivação você não vai chegar a lugar algum.

Agora, se você não souber quais são esses objetivos, aí você tem um problema sério! Só é possível sentir-se motivado quando você tem um destino, um alvo a ser conquistado. Motivação vem de motivo – qual o motivo da sua ação? E é aí que eu vejo as pessoas se batendo. Elas querem se sentir motivadas no vazio, querem se sentir motivadas mesmo não tendo objetivos maiores do que receber o salário no final do mês para pagar as contas. Elas, então, se tornam dependentes de “mensagens motivacionais” e estímulos externos. Elas vivem buscando “coisas que as motivem”. É triste ter que dizer isso, mas essas pessoas jamais chegarão a lugar algum, jamais conquistarão qualquer coisa na vida…

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


Deixe um comentário