Jogo de poder: Quem está no controle da sua vida?

William Johnson

Jogo de Poder

Uma das situações mais comuns que observo tanto quando atuava em psicologia clínica quanto agora como consultor (coach) é o clássico caso da pessoa que diz que não pode tomar certas decisões na vida porque alguma outra pessoa não permite.

Não é o caso de uma hora para outra, simplesmente mudar de atitude e dizer à outra pessoa que ela não mais tem o controle. Isto não acontece! A pessoa controlada simplesmente não muda assim, de uma hora para outra e a controladora não permite que sua marionete fuja assim de seu controle, tão facilmente.

Este tipo de situação é construída e alimentada ao longo de anos e anos em que o dominado dá ao dominador o poder de controlar sua vida. Em alguns casos, as rédeas estão apertadas tão fortemente que são necessários anos de terapia para colocar o indivíduo numa posição proativa com relação à própria vida.

Agora, eu devo dizer que o dominado não é uma vítima, apesar de ele acreditar firmemente que é! Este traço aliás é um dos motivos pela qual ele não consegue livrar-se da tirania do dominador.

No começo de uma relação, seja de pais e filhos, irmãos, casais, profissionais, etc, todos estão em igualdade. Pessoas com traços dominantes, no entanto, vão aos poucos tentando dominar as demais e ao encontrarem passividade em certos indivíduos, eles impõe seu poder. Esta dinâmica de relacionamento remonta nossos instintos mais básicos e primitivos – cães agem da mesma forma!

Ao sentir-se vitimizado, o dominado mantem sua passividade esperando que alguém “o salve” de seu tirano. O primeiro passo para sair de uma condição como esta no entanto, é reconhecer que o poder ao outro foi dado por você mesmo e só você pode retirá-lo.

Muitas vezes é necessário afastar-se da pessoa dominadora para que a auto-estima seja construída e o poder pessoal seja conquistado. Quando isto não é possível, é necessário trabalhar arduamente no fortalecimento da identidade pessoal e do amor próprio para que a autoconfiança desenvolvida lentamente comece a anular o efeito do controle alheio.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


17 comentários em “Jogo de poder: Quem está no controle da sua vida?”

  1. Era bem isso que eu estava precisando ouvir hoje. É por aí que muitos projetos não vão a frente, e o dominador não pode sequer tocar no assunto, pois seria culpar o outro pelo seu fracasso. Acontece!

    Responder
  2. Muitas vezes esse controle é exercido com base nas “OBRIGAÇÕES”?, que assumimos com ela e da qual julga-se dependente.
    Como livrar-se disso?

    Responder
  3. São preciosas as Palavras do Dr. William Johnson, e também esclarecedoras para que possamos ativar nossa auto-estima, e acreditarmos que somos capazes de fazer, de realizar e que não precisamos ficar preso,vitimizado, e dominado por coisa alguma.
    A questão é Tomar uma Decisão, e não ficar na indecisão.
    Acredito que as pessoas de hoje, (por não serem Treinados, como os povos antigos, os quais assumiam sua Condição de Guerreiros Valentes, através de treinamentos físicos e mentais que lhes eram passados, formando assim um Carater Determinante de Vencedor) – Tornam-se presas faceis das situações, das pessoas,das lutas e das intemperies da vida, devido a falta deste Conhecimento.

    Responder
  4. O poder de tomar decisoes é adquirido no dia a dia em situações normais. Quando a pessoa começa a decidir pequenas coisas (e perceber que é capaz), estará se estruturando emocionalmente para tomar grandes decisoes (e se responsabilizar por elas)

    Responder
  5. É meu problema com minha mãe. Sinto que minha vida seria muito melhor se ela morasse em uma casa dela. Meu problema vem do fato de ser filha única e não saber como fazer ela entender que minha vida é problema e responsabilidade minha.

    Responder
  6. NA VERDADE TEMOS MEDOS DE MUDAR, E MUITAS VEZES PRECISAMOS DE UM CONSELHO OU MESMO DE AJUDA PROFISSIONAL.
    POR MUITO ANOS FUI DOMINADA POR TODOS, QUANDO RESOLVI MUDAR, AS PESSOAS ME ACHARAM MALCRIADAS E ATÉ HOJE NÃO SE CONFORMAM COM A MINHA LIBERTAÇÃO.TOMEI REDIA DE MINHA VIDA.

    Responder
  7. ???? hoje me sinto “SUFOCADA” pelos meus pais e por minha filha (única).sei que todos eles são adulto mas sempre vivi à sombra deles e simplesmente não sei como sair desse mal-estar em que me encontro. nada me motiva e minha força de vontade já não existe.preciso urgentemente de ‘dicas’ de como melhorar ?????

    Responder

Deixe um comentário