3-2-1 Começando do zero – como escolher no que trabalhar?

James Clear

Carreira: começando do zero

James Clear publica semanalmente a newsletter 3-2-1 (em inglês) onde compartilha com mais e 1 milhão de leitores três ideias curtas de sua autoria, duas frases de outros autores, e uma pergunta para estimular o leitor a pensar. Segue abaixo tradução da newsletter enviada em 24 de Junho de 2021:

3 IDEIAS MINHAS

I.

Começar do zero pode ser uma benção.

Se você não tem muito pra começar, você não tem muito a perder.

Você pode ser mais ousado se não estiver tentando proteger algo.

II.

Em muitos casos, o resultado que você deseja vai continuar a lhe escapar – mesmo que você continue tentando.

Mas talvez seja possível se você tentar algo diferente.

As suas decisões atuais podem levá-lo ao destino que você deseja? Se não, algo precisa mudar. Você não pode chegar lá a partir deste ponto. Você precisa mudar a trajetória.

III.

Você não precisa de um computador melhor para se tornar um escritor.

Você não precisa de uma guitarra melhor para se tornar um músico.

Você não precisa de uma câmera melhor para se tornar um fotógrafo.

O que você precisa é começar a trabalhar.

2 FRASES DE OUTROS

I.

O economista John Kenneth Galbraith sobre o desafio de ter uma mente aberta:

Confrontado com a escolha entre mudar de ideia e provar que não há nenhuma necessidade para fazê-lo, quase todo mundo se preocupa com a prova.

Fonte: Economics, Peace and Laughter (sem tradução para o português)

II.

O cientista da computação Leonard Adleman sobre coragem intelectual e escolher o problema certo para resolver:

ENTREVISTADOR: Dizem que a parte mais criativa e desafiadora de uma pesquisa é encontrar a pergunta certa. Você concorda?

ADLEMAN: Eu não caracterizaria como a mais desafiadora, mas é uma questão de importância crítica. Às vezes não é difícil encontrar a pergunta certa. No campo da matemática, por exemplo, há muitas perguntas conhecidas sem resposta. Nesse caso, o problema real é: chegou a hora de tentar responder uma certa pergunta? Chegamos em um ponto em que as outras descobertas na ciência nos permitem resolver o problema?

O outro lado é gerar novas perguntas que ainda não foram levantadas por ninguém.

Ao invés de perder tempo fingindo que está ocupado quando você não tem nenhum projeto sério em andamento, o ideal é dar tempo ao tempo, fazer outras coisas não relacionadas e esperar uma ideia ou pergunta vir à mente.

Eu sempre digo aos meus alunos que é muito melhor que sigam seu coração e inspirações do que trabalhar em coisas que supostamente vão “enriquecer” o currículo.

Fonte: Entrevista na Universidade do Sul da Califórnia

1 PERGUNTA PARA VOCÊ

As pessoas vão contar histórias sobre você em seu funeral. Que capítulo você está escrevendo hoje?

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


Deixe um comentário