Planejamento Pessoal: Planeje sua vida e conquiste seus objetivos

Franciane Ulaf

Planejamento de objetivos pessoais

O planejamento pessoal é a chave para a auto-realização e para o sucesso pessoal – incluindo a motivação e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Planejar a vida não significa adotar uma postura radical e inflexível, como muitos pensam. Há certo “medo” generalizado do planejamento, pois “e se as coisas não derem certo?”; “e se acontecer alguma coisa que me impeça de concluir o que planejei?”; “se tenho que mudar meus planos é porque as coisas não deram certo como eu queria.” Necessidade de mudança geralmente é associada ao fracasso. Essa mentalidade (muito comum entre os brasileiros, que não possuem o hábito de planejar) só aumenta a quantidade de pessoas que passam pela vida sem realizar seus sonhos, ou ainda, sem realizar nada de concreto.

Essa é a conseqüência da falta de planejamento – uma vida de obrigações, sem realizações. Por vezes, a sorte pode levar um ou outro a conquistar o sucesso profissional, financeiro ou pessoal. Mas depender da sorte é arriscado. Na inércia da vida, podemos acabar no topo de uma colina ou no fundo de um vale. Para quem não quer nada ou não sabe o que quer, permanecer na inércia pode até ser benéfico – quem sabe a vida não o leva para o alto? Mas e aqueles que sabem o que querem, que possuem sonhos e objetivos? Deixar a vida levar certamente não é a melhor opção. Realizações exigem iniciativa. Iniciativa exige determinação. E determinação sem planejamento resulta em desperdício de esforços – estar determinado a realizar coisas que no futuro se mostram inúteis só colabora para o aumento da frustração pessoal.

Você realiza o que quer ou ainda se perde em meio à desorganização, falta de foco, falta de tempo…?

Grande parte das perdas de oportunidade, das não realizações e dos fracassos se dá por falta de planejamento. É muito comum ouvir as pessoas dizerem que sonham fazer isso ou aquilo, que “um dia” pretendem realizar algo, mas não se vislumbra nada além da ilusão do sonho.

Uma vida de sucessos não se baseia em sonhos, mas em metas reais e planejamentos objetivos. Da mesma forma, aumentar a eficiência pessoal através de técnicas de administração do tempo, isoladas de um projeto de vida, é ineficaz. É com base nesse conceito que foi desenvolvida a técnica PEP (Planejamento Estratégico Pessoal) – que pode ser aplicada tanto para pequenos planejamentos quanto para um projeto de vida, incluindo diversos setores como finanças pessoais, administração do tempo, auto-organização, carreira profissional, desenvolvimento pessoal, entre outros.

O diferencial dessa teoria está na busca do autoconhecimento. A aplicação de técnicas de planejamento, administração do tempo e definição de metas só se torna inútil quando não há um bom conhecimento sobre si mesmo. De que adianta ter um carro e saber dirigir se você não sabe aonde ir, muito menos onde está?

Basicamente, tudo o que queremos fazer, ser ou ter na vida pode ser planejado. Assim como uma empresa, as pessoas também precisam saber para onde estão caminhando, precisam de um foco. No mundo de hoje, ninguém que queira ser bem-sucedido pode se dar ao luxo de deixar sua vida nas “mãos do destino” ou seguir para onde o vento soprar.

Não deixe de registrar sua opinião e/ou perguntas na seção de comentários abaixo!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


5 comentários em “Planejamento Pessoal: Planeje sua vida e conquiste seus objetivos”

  1. Prezada Fran,
    Eu lí e coloquei em prática o seu livro “Planejamento Estratégico Pessoal” e é uma leitura excepcional! Você escreve com muita propriedade sobre o assunto e extremamente sincera com o leitor! Parabéns.

    Eu só tenho uma dúvida em relação ao cumprimento de objetivos. Eu posso batalhar por mais de um objetivo em paralelo ou devo concluir primeiro um objetivo para então começar o próximo (começar a executar as metas do próximo)?

    Obviamente eu não tenho como executar mais de uma meta por vez. Mas, por exemplo, eu posso ter um objetivo X com metas para serem executadas durante os dias da semana e outro com metas para serem executadas nos fins de semana?

    Obrigado.

    Responder
    • Olá Maicon,

      Em nenhum momento menciono no livro que só podemos perseguir 1 objetivo de cada vez! Você pode evidentemente ter inúmeros objetivos e metas ao mesmo tempo, tudo depende do seu fôlego e capacidade de se organizar para dar conta do recado. Se você sabe que terá condições de levar adiante 3 objetivos de cada vez ou 10, isso é com você. Cada um sabe da própria vida e da própria capacidade produtiva. Eu não sei, mas talvez o que eu tenha percebido em você é um senso de dependência de instruções. Você segue instruções muito à risca? Você precisa de um passo-a-passo bem exato e todas as perguntas respondidas para começar a agir? Caso positivo, o que eu recomendo para você é desenvolver a proatividade e a independência mental. Tem coisas que ninguém pode te dar conselho, é com você mesmo, só você pode saber. Essa questão dos objetivos é uma, ninguém pode te dizer quantos objetivos você deve perseguir e você não deveria permitir que alguém o fizesse.

      Obrigado por ser meu leitor!

      Grande abraço!

      Responder
      • Obrigado Fran,

        Sim, eu tenho um pouco desse negócio de “ter que ter certeza de tudo” que é característico do próprio Transtorno Obsessivo Compulsivo que me acomete. E o perfeccionismo também é um ponto fraco em mim por conseqüência disso. Mas já estou trabalhando esses problemas.

        De fato, você não menciona essa questão no livro, no entanto, eu pensei que houvesse uma forma ideal, mas você já respondeu a minha dúvida.

        Um grande abraço!

        Responder

Deixe um comentário