O cinismo pode ser tóxico e às vezes fatal

Jonathan Farrell

Cinismo tóxico

O cinismo é invisível e implícito, mas letal e perigoso.

Você já notou como as emoções fluem pela sociedade de pessoa para pessoa, de grupo para grupo, por causa dos efeitos do contágio emocional? As emoções têm estado em alta nos últimos anos. Elas fornecem o combustível para a maioria das controvérsias que chegam aos noticiários. As emoções também são contagiosas. Muitos tópicos como aborto, eleições roubadas, vacinas, pandemias, tiroteios e outros geralmente envolvem emoções tóxicas contagiosas em discussões sobre eles. A discussão desses tópicos envolve emoções contagiosas que podem produzir medo, suspeita, conflito, raiva, pessimismo, cinismo, fatalismo e depressão.

O cinismo cresce. Parece contagioso. Muitas vezes é uma reação que envolve sentir-se magoado ou traído, que se transforma em desconfiança, pessimismo e depois cinismo. O cinismo é frequentemente associado ao fatalismo e à depressão. O cinismo, embora tecnicamente não seja uma emoção, é definido como a crença de que as pessoas estão interessadas apenas nelas mesmas e não são sinceras; ou o fato de usar os sentimentos ou emoções de alguém a seu favor:

Cinismo e nossa saúde

O cinismo é um problema sério porque muitas vezes é tóxico e prejudicial à nossa saúde física e mental. Está associado a problemas de saúde, maus hábitos, depressão crônica e ataques cardíacos. A BBC relatou em 2007 que um estudo de 6.814 pessoas publicado no Archives of Internal Medicine sugeriu que pessoas cínicas podem ter maior probabilidade de levar estilos de vida pouco saudáveis, como fumar ou sofrer de obesidade, o que cria mais fatores de risco para doenças cardíacas. Outros estudos descobriram que o cinismo foi associado a um risco aumentado de mortalidade total e mortalidade relacionada ao câncer e pode ser mais propenso a desenvolver demência. Por que isso? Pessoas cínicas tendem a descontar recomendações médicas, e até mesmo cuidados com a saúde. Médicos, segundo elas, só estão interessados no dinheiro. Dietas e outras providência saudáveis são fruto de conspirações para fazer dinheiro para as grandes indústrias do emagrecimento, da saúde e assim vai. É comum o fumante cínico mencionar outro fumante idoso que “ainda é saudável” e cinicamente comentar que outra pessoa que nunca fumou morreu de câncer no pulmão.

Pessoas cínicas também têm rendimentos menores do que pessoas mais otimistas. Muitas pessoas deprimidas são cronicamente cínicas, e isso prolonga a depressão. O sucesso dos outros é explicado pelo cínico como fruto de vantagens espúrias, vendo-se como vítima do destino ou “do sistema”.

O cinismo é invisível e implícito, mas letal e perigoso. No entanto, a sociedade e a mídia costumam minimizar o perigo das emoções como tal, embora digam como um evento foi devastador, como os vários eventos trágicos dos últimos anos. A emoção implícita e às vezes explícita, como o cinismo, que os produziu ou resulta deles é frequentemente ignorada e, no entanto, é uma das forças mais poderosas em jogo na vida e no mundo. Provavelmente porque a emoção é invisível e a mídia apenas relata o visível. As emoções negativas que são contagiosas são de fato perigosas, como vemos pela letalidade do cinismo.

O efeito das emoções desreguladas

Uma das coisas que temos que fazer como sociedade é aprender a regular e administrar nossas emoções porque a desregulação emocional afeta fortemente a sociedade. Emoções muito fortes, vivenciadas implicitamente dentro de nós como pessoas e expressas externamente como ações, causam muitos problemas quando produzem comportamentos desregulados, como destruição, violência, motins, vandalismo, homicídios, brutalidade policial, suicídios e até guerras.

Todas essas ações e outras são produzidas não apenas pelo comportamento, mas pela forte emoção que a precedeu e pelos pensamentos que estão associados à emoção. Todos esses eventos contribuem e fortalecem o cinismo e a depressão, o sentimento de desconfiança e até futilidade que temos no governo, nos políticos, na mídia, em muitas empresas e organizações e até uns nos outros.

O perigo de o cinismo se tornar permanente

O cinismo parece continuar, inabalável. Chegou ao ponto em que, como o ator Tom Hanks disse recentemente ao ser entrevistado por seu papel no filme sobre Fred Rogers, Um Lindo Dia na Vizinhança, “O cinismo se tornou a posição padrão para grande parte da estrutura diária e das relações diárias. .” Ele diz que “nos tornamos tão acostumados com isso, que quando nos deparamos com uma mensagem tão simples como ‘Ei, quer saber, está um lindo dia na vizinhança!’ a gente fica um pouco desconfiado. Podemos, penso eu, nos sentir bem. Há lugar para o cinismo, mas por que começar com ele logo de cara?”

Na verdade, ninguém declarou publicamente que talvez essa atitude contagiosa de cinismo esteja nos matando. Se juntarmos os resultados da pesquisa mencionada acima sobre predispor algumas pessoas a uma morte precoce, bem como o comentário de Tom Hanks, essa conclusão pode ser viável. Fred Rogers tinha a receita para a vida e boa saúde? Provavelmente. O oposto do cinismo – conceitos como confiança, inocência, ingenuidade, alegria, cooperação, romance, positividade e sentimentalismo – é a receita para a vida e boa saúde? Provavelmente. Será que os consideramos infantis demais para serem aceitos? Esperemos que não. O cinismo pode parecer mais maduro ou sábio, mas, na verdade, não é. Ainda assim, é contagioso.

Não devemos deixar o cinismo nos dominar. Ser afetado por muitas ocasiões de desconfiança e sentimentos feridos pode permanecer com uma pessoa. Sem intervenção psicológica, desenvolve o pensamento rígido de tudo ou nada que é típico do cinismo e da suspeita embutidos. Quando isso ocorre, as pessoas levam o cinismo a um grau forte, tendo pensamentos como: “Todas as empresas são corruptas” ou “Ninguém deve ser confiável”.

Quando forte assim, o cinismo tende a ser permanente e pode definir uma parte importante da personalidade do indivíduo. O indivíduo pode sempre procurar o lado negativo de qualquer assunto e exagerá-lo sem perceber que está fazendo isso.

Sempre há algo negativo e você pode encontrá-lo se procurar. É como encontrar partículas de poeira em um chão limpo. Isso é visão de túnel, ignorando toda a beleza ao redor; e na vida, e apenas vendo a sujeira ou a corrupção. Pode estar lá, e isso não é bom, mas não está em todo lugar. Precisamos evitar que o cinismo se torne permanente ou arraigado em nossas personalidades, ou pior, que nos defina como pessoas.

Tendo uma perspectiva positiva

O cinismo e o pessimismo geralmente ocorrem quando as pessoas são feridas ou traídas, e muitas vezes podem absorver isso por meio de contágio emocional em suas mentes. Isso é natural, mas pode fazer com que a pessoa fique excessivamente cautelosa e desconfiada. A pessoa tenderá a se proteger sendo cínica para evitar ser magoada ou se sentir traída.

A questão é: elas precisam ser cínicas em todas as ocasiões? Elas realmente serão feridas neste outro caso? Elas podem não ser. A próxima instância pode trazer beleza e admiração. As pessoas podem evitar se machucar tendo uma visão mais ampla das coisas e apreciando outros aspectos da vida, como as coisas positivas ao nosso redor? A conversa interna positiva e o sentimento de gratidão pelas coisas boas podem equilibrar isso, bem como a autocompaixão pela mágoa e traição que podem ter ocorrido em instâncias anteriores.

Algumas pessoas são cínicas sobre governos e pessoas com autoridade. Elas podem sentir que os responsáveis não demonstram empatia ou compaixão por aqueles que não estão tão bem e, portanto, podem acreditar que não podem confiar em nenhuma declaração positiva do governo sobre ajudá-las. Elas acham que se o fizerem, só vão acabar decepcionadas.

Pense nas declarações positivas de um governo apenas como possibilidades. Espere por isso; não conte com isso. Mas também não espere que isso não aconteça. Apenas antecipe as possibilidades. Isso não é cinismo. Talvez o governo fosse mais aberto sobre uma decisão futura do que um cínico permitiria. É melhor reconhecer que os governos podem variar em seu grau de ceder em atitudes positivas ou negativas em relação às pessoas, em vez de perceber que os governos são sempre indignos de confiança em todas as situações. Antecipe, em vez de esperar, que um governo assuma uma posição negativa porque isso permitirá que você tenha alguma flexibilidade em sua avaliação das possíveis ações do governo. Essa perspectiva permite uma pequena possibilidade de que o governo possa adotar uma abordagem positiva. Este é um avanço para o cínico endurecido. Coisas boas são possíveis.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


Deixe um comentário