Semana passada participei de um seminário em que diversos especialistas na área de marketing online se encontraram para discutir novidades na web. Nesse caso, o assunto era negócios na internet e um dos presentes era Tom Kulzer, presidente da Aweber, considerada a melhor empresa de distribuição de e-mails do mundo.

Se você está em nossa newsletter ou já fez algum de nossos cursos, você é velho conhecido da Aweber! É essa empresa que envia os nossos e-mails para você! Não dá pra enviar e-mails para 40 mil pessoas do nosso Outlook Express! Quando a situação chega a esse ponto, é preciso procurar uma solução automatizada e a Aweber é a nossa solução.

Aproveitei a oportunidade e comentei com Tom que meus clientes reclamam muito do processo de confirmação (o clique no link em azul!). Alguns não conseguem identificar o link, outros têm medo de clicar em links em e-mails, alguns provedores entregam o e-mail em texto e, por isso, o link não aparece em azul, enfim, o tal link causa tanto problema que mais de 50% das pessoas que solicitam inscrição em nossa newsletter ou em cursos não consegue completar a confirmação.

Os demais presentes na reunião concordaram comigo, éramos todos empreendedores com sites e suas respectivas newsletters. A resposta de Tom pegou todos de surpresa, mas faz muito sentido! Ele disse: “Você trabalha com desenvolvimento pessoal, não?! Ensine seus clientes a serem proativos! A vida é complicada, a confirmação da Aweber é só uma pequena amostra do que vem pela frente!”. É claro que o comentário virou piada, mas deu pano pra manga pra discutirmos um assunto muito mais profundo do que “o clique no link azul”!

Simples reações a desafios simples e corriqueiros em seu cotidiano revelam o quão proativo você é. E a proatividade, por sua vez, é uma característica essencial para a conquista de qualquer objetivo maior do que receber o salário no final do mês.

A pessoa não proativa, ao se deparar com um problema que não consegue resolver imediatamente, sente-se frustrada. Essa frustração, dependendo da situação, gera sentimentos de raiva ou de desânimo. Em ambas as situações, a pessoa acaba desistindo de resolver o problema. Sua atitude não é compatível com uma solução.

Se uma pessoa não consegue lidar proativamente com um desafio simples e corriqueiro como completar uma inscrição online quando as coisas não funcionam como deveriam (caso da Aweber), como é que ela lida com situações mais complicadas na vida? A minha experiência me diz que ela não lida, ela desiste, da mesma forma que desistiu de tentar resolver o problema com o “link que não estava azul”.

Você poderia argumentar: “Mas tem gente que não tem familiaridade com computadores e internet…”. Hum… E quem disse que os problemas que enfrentamos na vida, os obstáculos no caminho e até nossos objetivos estão dentro da nossa zona de conforto? A proatividade se reflete em todos os aspectos da vida – um indivíduo proativo, ao se deparar com um problema, analisa-o friamente sem dramas, levanta possíveis soluções e tenta resolver a questão até conseguir. O fato de ele estar familiarizado ou não com a natureza do problema é o de menos.

Por outro lado, a pessoa pouco proativa ou totalmente reativa, somente lida “pacificamente” com questões dentro da sua zona de conforto. Ao se deparar com um problema com o qual não está familiarizada, ela faz drama, sente-se vítima da situação e essa frustração termina por levá-la ao fracasso na solução do problema. Isso, de um ponto de vista mais amplo na vida, faz com que a pessoa fique na mediocridade, jamais atingindo sucesso em nada.

Não deixe de registrar sua opinião e/ou perguntas na seção de comentários abaixo!



Palavras-chave: agir rápido, frustracao, frustrada, frustrado, partir para a ação, perspicácia, pró-atividade, proativa, proativo, se sentir frustrado