Como administrar o tempo de forma eficaz?

Franciane Ulaf

Administrar o Tempo

A administração do tempo não pode ser compreendida somente como a organização sistemática das atividades diárias, nem pode ser medida pela “quantidade de coisas que se consegue fazer num espaço de tempo”.

Há uma visão ultrapassada da gestão do recurso mais importante de que dispomos que é responsável pelo desgaste físico, emocional e mental de seus adeptos. Qualquer tentativa de aumentar a produtividade pessoal através da idéia de que se deve fazer mais coisas no menor tempo possível leva ao esgotamento pessoal.

A administração do tempo é, antes de tudo, uma ferramenta para dinamizar a concretização dos nossos objetivos de vida. Sem estes, a administração do tempo só se torna uma forma de administrar a inércia com mais eficiência. Digo isso porque tornar-se organizado e aumentar a eficiência pessoal só tem sentido se a conquista de algo maior, mesmo que seja no curto prazo, estiver envolvida.

O correto aproveitamento do tempo não envolve somente planejamentos, mas a própria vida diária. É na organização básica vivida no dia-a-dia que se aprende e se adquire a habilidade em administrar o próprio aproveitamento do tempo. Quem não tem organização pessoal acaba perdendo muitas oportunidades, desperdiçando recursos em excesso e direcionando esforços para as atividades erradas. O resultado muitas vezes é um estado de stress, desmotivação e ineficiência geral.

As técnicas mais avançadas para administrar o tempo consideram os valores pessoais do indivíduo, assim como princípios que regem a vida natural e social. Sem essa interligação, a pessoa acaba tratando a si mesma como uma máquina que deve produzir mais e mais rápido, sem desperdícios. Administrar o tempo é administrar a vida. O foco deve estar sempre voltado para a manutenção de metas e objetivos interligados com um projeto de vida e não para a realização de atividades com fim em si mesmas.

Não deixe de registrar sua opinião e/ou perguntas na seção de comentários abaixo!

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe!
Cadastre-se gratuitamente no Guia da Vida e tenha acesso a nosso melhor material sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, saúde mental e motivação:


5 comentários em “Como administrar o tempo de forma eficaz?”

  1. Bem.. acabo de chegar de um curso que estou fazendo sobre os 5s na organização e hoje o tema foi administração do tempo.
    Vou repassar umas dicas pra vocês , ok?
    Para começar a administrar o tempo é aconselhável serguir 5 passos:

    1)”Conhece-te a ti mesmo” : você deve primeiramente se conhecer, saber o que você espera da vida e de você antes de tudo. Saber suas capacidades e limitações. Saber o que você está proposto a fazer para melhorar sua vida.

    2) Objetivo: depois de se conhecer, você pode definir melhor seus objetivos e traçar estratégias para alcançá-los. Assim evita-se perder tempo com algo que não se almeja.

    3) Concentração: você deve focalizar seus objetivo. E primeiramente estabelecer prioridades, assim você poderá dispensar mais tempos em coisas consideradas mais importantes.

    4) Proteção: você deve se “proteger” para que você possa alcançar seu objtivo. Como se proteger? Estabeler limites de tempo para você e para os outros, ir direto ao assunto com as outras pessoas, ser ágil nas decisões, ouvir e ler com atenção, pedir e fornecer ajuda e ao aparecer um imprevisto concentre-se nele para resolvê-lo logo e depois retornar ao seu foco.

    5) Disciplina: se policie para ser fiel as regras que você se propôs. Afinal, o principal beneficiado será você!

    Bem.. vamos lá galera.. Administremos nosso tempo! Ele não vale dinheiro.. Vale saúde, organização, bem estar!

    Espero ter ajudado alguém!

    Boa sorte!

    Responder
  2. Estou amando os seus artigos…tem me ajudado muito…aos 46 anos me vi numa total inércia…(me vi pq comecei andar)…a minha vida girava em torno de abusos sexuais vividos em toda a minha infância, e a violencia e ignorancia que vivi com os meus pais…quando resolvi a estudar (aos 46 anos), me inscrevi na faculdade de direito e logo veio, como sempre acontece, o sentimento de derrota, inferioridade de incapacidade…foi ai que resolvi a lutar e buscar compreensão, vencer este “mundo” tão pequeno em que sempre vivi ( foi o que eu conheci)…Todos os dias leio um dos seus artigos…tem surtido um efeito fantástico na minha vida diária…mais um vez, parabens!

    Responder

Deixe um comentário